09/10/2007

Selins aos milhares

A cidade de Barcelona poderá alcançar a meta de 6.000 bicicletas em regime de livre serviço já na Primavera de 2008, dado o sucesso do projecto ‘Bicing’, implementado na cidade catalã em Março passado.
Segundo avançou este fim-de-semana o jornal Le Figaro, a edilidade da capital catalã pediu a um grupo norte-americano uma proposta para colocar milhares de bicicletas e instalar 400 estações (terminais de recolha) até ao final do 1º trimestre do próximo ano.
De acordo com o jornal, a batalha pela dinamização da utilização da bicicleta nos moldes já implementados em cidades como Paris e agora em Barcelona, está a intensificar-se nas cidades europeias.
Em Barcelona, o serviço promovido pela municipalidade superou todas as expectativas. Em pouco mais de três meses, o ‘Bicing’ conta já com 1.500 bicicletas de livre serviço e 90 mil utilizadores que pagam 24 euros anuais pelo serviço.
A empresa estreou-se na Europa com uma experiência na cidade francesa de Rennes, em 1998, estendendo depois o serviço a três cidades da Noruega e da Suécia.
Por seu lado, uma outra empresa, líder mundial em equipamento urbano, oferece serviços semelhantes no Luxemburgo, Viena (Áustria), Gijón e Sevilha (Espanha), várias cidades francesas e em Bruxelas 1.
Lisboa deve entretanto estar algures com um furo nalguma burocrática roda pedaleira: fala-se, fala-se, fala-se, aprovam-se Recomendações 2, mas o projecto nunca mais arranca, ou seja, nunca mais começa a pedalar, o que é verdadeiramente desesperante.

1 comentário:

miguel disse...

O mais impressionante é que o Bicing de Barcelona deu lucro à Câmara, porque a empresa que trata do aluguer de bicicletas paga uma taxa de exploração.