03/05/2007

É algo de muito revoltante!!!

Não podia deixar de escrever qualquer coisa por aqui depois de ter recebido um telefonema de uma moradora próxima do Campo Pequeno, que me deixou extremamente revoltada em relação ao que se vem passando nos últimos dias no Jardim do Campo Pequeno.

Parece que afinal de contas as árvores a abater já são em muito maior número ao que estava previsto inicialmente...
E além disso estão a ser abatidas sem quaisquer condições de protecção à zona circundante, o que neste momento provoca diversos distúrbios aos moradores, uma vez que devido ao abate está a ocorrer um excesso de partículas de serradura que circulam livremente pelo ar, bem como toda a quantidade de pó que ascende quando cai uma árvore após o corte e que começaram a causar alergias e problemas respiratórios a moradores e pessoas que por ali passam diáriamente...

É caso para perguntar, quem elaborou o devido relatório fitossanitário que alega e prova que aquelas árvores estavam doentes?

E por onde andam esse relatório e pareceres?

Podemos ter o desprazer de observar algumas fotos deste massacre em:

http://cidadanialx.blogspot.com/2007/04/as-fotos-do-massacre-3.html

Onde se observa que mesmo junto aos prédios, também se abateram as árvores...ena! aquelas obras estenderam-se muito, até próximo das portinhas de cada prédio!

Ah! Também vemos que as árvores se encontravam de muito boa saúde!

Isto é vergonhoso!

1 comentário:

Ver disse...

Vamos lá esclarecer uma coisa:
Aquelas árvores não estavam doentes. A câmara municipal mentiu quando disse semelhante barbaridade, as árvores não ficam doentes aos pares, não ficam doentes à dúzia, muito menos adoeçem 97 de cada vez e todas ali no Campo Pequeno.

Mas existem de facto muitas árvores doentes em Lisboa e a Câmara não tem tomado nenhumas providências no sentido de as tratar. Estou-me a lembrar por ex. das árvores da Av. Fontes Pereira de Melo, mesmo ali pertinho do Campo Pequeno.
Rosa Casimiro