03/01/2009

Motociclistas querem circular nas vias para transportes públicos

Os motociclistas de Lisboa vão apresentar um pedido à CML para que os veículos motorizados de duas rodas possam circular nas vias destinadas aos transportes públicos, à semelhança do exemplo que Londres vai implementar.
O Moto Clube Virtual, que redigiu uma carta aberta ao presidente da CML 1, entende que a cidade de Lisboa deve adoptar a política de “livre circulação de veículos de duas rodas nos corredores de transportes públicos”, pois em Londres os motociclos vão passar a ter autorização camarária para utilizar os corredores ‘BUS’ a partir da próxima 2ª fª.
No documento que vão entregar 2ª fª na CML, e que contém cerca de 300 assinaturas, solicitam ainda que seja permitido aos motociclistas estacionar em alguns locais em segunda fila.
Entendem também que a “tinta para pintar as vias de circulação deve ser anti-derrapante” e que algumas “linhas do eléctrico sejam removidas, em virtude de provocarem quedas aos motociclistas”, em caso de travagem.
Os representantes dos utilizadores de duas rodas alertam também para o facto de os pilaretes [na faixa central] da Rua da Junqueira não estarem em condições de segurança, tendo já provocado “danos físicos graves aos motociclistas”.
A entrega do abaixo-assinado será acompanhado por um protesto que terá lugar também na 2ª fª, a partir das 19h, com concentração de motos no centro de Lisboa, e que utilizará as faixas ‘BUS’ de algumas artérias centrais da cidade 2.

1. Ver
www.motoclubevirtual.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=6505&Itemid=58
2. Ver http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1354758

2 comentários:

Anónimo disse...

É pena...

É pena que em quase todos os "foruns" onde se permitem comentário se veja a real (falta de) inteligência da grande maioria dos condutores portugueses
É pena que quase ninguém perceba que a iniciativa é para melhorar a circulação de TODOS os veículos, não só dos motociclos.
É pena que quem acuse os moticiclistas de serem mais condutores não saiba que são os que menos acidentes provocam e menos consequencias tenham na Europa.. Só são é os que mais são vítimas de acidentes com automobilistas, esses sim dos piores condutores da Europa.
É pena que quem acuse as motas de estacionar nos passeios não veja que não há parques para motas e, quando os há, estão ocupados com vidrões ou com automobistas sem civismo, os mesmos que estacionam em 2ª fila sem respeito por ninguém ou nas passadeiras, sem pensarem que a sua "pressa" não lhes dá o direito de incomodarem os outros.

É pena que a mentalidade portuguesa continue a ser a mais atrasada da Europa, não só neste tema mas como em tantos outros.

Crazymike "ZZR600" disse...

Pergunto se "Os Verdes" não vaõ apoiar esta iniciativa... È algo louvável que merece o apoio como forma de incentivo á mobilidade urbana, que Lisboa tanto carece!